Selo B3 Iniciativa apoiada

Nós, mulheres
investidoras na Bolsa

O mercado. O dinheiro. O câmbio. O investimento. A Bolsa!
Lugar de mulher é onde ela quiser, inclusive na Bolsa de Valores! Para te ajudar a chegar lá com autonomia e confiança, reunimos aqui tudo o que você precisa: informações claras, conceitos descomplicados e conteúdos sob medida sobre Mercado Futuro.

Uma parceria B3, Paula Reis e Nós, mulheres investidoras.
A sua jornada começa aqui.

Vamos juntas?

Foto de Paula Reis
Logo de Nós Mulheres Investidoras

Aprenda com a trader

Aprenda com a trader

A série da mulher investidora: 10 episódios com Paula Reis sobre os principais conceitos do Mercado Futuro. Para você começar a investir na Bolsa de Valores sem um pingo de dúvida. Pode maratonar à vontade!

Botão de play - na cor branca

Ep. 1 - Bem-vinda ao Mercado Futuro

Ep. 2 - Riscos e Reserva de Emergência

Botão de play - na cor branca
Botão de play - na cor branca

Ep. 3 - Custos Operacionais

Botão de play - na cor branca

Ep. 4 - Alavancagem

Botão de play - na cor branca

Ep. 5 - Preços e limites de oscilação

Botão de play - na cor branca

Ep. 6 - Estratégias e Hedge

Botão de play - na cor branca

Ep. 7 - Desmistificando o Day Trade

Botão de play - na cor branca

Ep. 8 - Padrões de Candles

Botão de play - na cor branca

Ep. 9 - Análises gráficas

Botão de play - na cor branca

Ep. 10 - Operando na prática

Ep. 1 - Bem-vinda ao Mercado Futuro

Liquidez, pontos, minidólar... seja bem-vinda ao Mercado Futuro! No primeiro episódio, Paula Reis te introduz no mundo da renda variável, para você já se familiarizar com alguns conceitos que vamos explicar ao longo da série. Tem até música para você decorar a cotação (e nunca mais esquecer!)

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 2 - Riscos e Reserva de Emergência

Há riscos no Mercado Futuro? Como você pode se preparar para negociar minicontratos na Bolsa com segurança e autonomia? É o que vamos descobrir no segundo episódio da série. Prepare-se para aprender como gerenciar riscos e criar sua reserva de emergência como ninguém!

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 3 - Custos Operacionais

Você já viu uma nota de corretagem? No terceiro episódio da série, vamos analisar uma nota juntas e entender o que cada taxa e imposto significam.

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 4 - Alavancagem

Investidora, você não precisa ter o valor total para comprar e vender minicontratos na Bolsa! Mas é preciso fazer alguns cálculos e se planejar para operar com mais dinheiro do que você realmente tem. A Paula Reis te conta todos os cuidados que você deve tomar no quarto episódio da série.

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 5 - Preços e limites de oscilação

Entender o comportamento dos preços é fundamental para começar a negociar minicontratos. Mas como observar as tendências de alta e baixa? Tem segredo para determinar os limites de stop loss e stop gain? Quais as diferenças entre circuit breaker e limite de oscilação diária da B3? É o que vamos aprender agora com a Paula Reis.

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 6 - Estratégias e Hedge

No episódio anterior, vimos como os preços podem variar no Mercado Futuro. Agora, no sexto episódio, vamos entender como você pode se proteger de eventuais grandes oscilações do mercado. Vem que a Paula Reis te dá exemplos práticos para você aprender como funciona esse tal de Hedge.

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 7 - Desmistificando o Day Trade

O que você já ouviu falar sobre Day Trade? Será que a trader precisa acompanhar cada segundo do pregão e ter estratégias complexas? Só tem sucesso quem já perdeu muito? Chegou a hora de falar sobre os mitos que cercam as operações de compra e venda de minicontratos no mesmo dia. É só dar o play no sétimo episódio da nossa série!

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 8 - Padrões de Candles

No episódio oito, vamos nos familiarizar com uma das melhores amigas da trader: a análise gráfica. É por meio da leitura do gráfico que conseguimos identificar padrões do passado para prever movimentos futuros. Pronta para conhecer os principais tipos de candles? Você vai ver que depois os desenhos vão ficar facinhos, facinhos...

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 9 - Análises gráficas

Já vimos juntas, no último episódio, os principais padrões de candle. Agora, estamos prontas para dar mais um passo: conhecer de perto as figuras que se formam no gráfico e as categorias de indicadores. Prepare-se para aprender sobre Sequência de Fibonacci, Hi-lo, Bandas de Bollinger e o que levar em conta na hora de definir o seu operacional.

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Ep. 10 - Operando na prática

Mulher, chegamos ao último episódio! Isso significa que vamos colocar em prática tudo o que aprendemos ao longo da série, começando pelo passo a passo de como abrir a conta demo na corretora. Vem que a Paula Reis vai te apresentar a plataforma e te mostrar operações de verdade em tempo real. É muita segurança e autonomia pra começar sua jornada na Bolsa, você vai ver!

Imagem Compartilhar

Compartilhar

Ícone de Fechamento

Podcast Nós, mulheres investidoras

Um bate-papo financeiro entre mulheres

Quem disse que o mercado não tem voz de mulher? Ao longo de 4 episódios, vamos compartilhar experiências e conversar sobre diversos temas que permeiam o mundo dos investimentos. E você é nossa convidada. É só dar o play!

Na ponta da língua

Dicionário da Mulher Trader

Pronta para dominar os termos mais usados no Mercado Futuro? Vamos direto ao ponto! Assim você entende tudo o que precisa saber para investir na Bolsa de Valores sem enrolação.

Contratos Futuros

Pessoa e computador com gráficos

Acordos sobre o preço futuro de moedas, juros, índices e commodities. Na prática, significa que você negocia ativos, como soja ou dólar, por exemplo, por um preço pré-definido no momento da negociação.

O que você recebe é a variação entre esse preço pré-definido e o preço do ativo na data de vencimento do contrato ou o preço do ativo no momento em que você sair da operação.

Ou seja, uma investidora pode lucrar tanto na alta dos preços, fazendo a compra desse Contrato Futuro, como também na baixa dos preços, fazendo a venda desse Contrato Futuro.

Minicontratos Futuros

Tela com gráficos

Contratos Futuros que permitem negociações avulsas e aportes menores, equivalentes a 20% dos contratos cheios. Foram criados em 2011 pela B3 para facilitar o acesso de pessoas físicas e novas investidoras ao Mercado Futuro.

Mercado Futuro

Pessoa e computador com gráficos

Ambiente de negociações dentro da B3, a Bolsa de Valores brasileira, onde são comprados e vendidos Contratos Futuros.

Margem de garantia

Números em painel

Valor exigido como garantia para você operar no Mercado Futuro. Funciona como um depósito caução na conta da corretora, em forma de dinheiro ou de ativos como ações e Tesouro Direto. Na Easynvest, a margem de garantia é reduzida! Confira.

Ajuste diário

Gráficos sobrepostos

Acerto financeiro creditado ou debitado diariamente da conta das investidoras com ativos futuros. O ajuste é feito em horários específicos e segue o desempenho dos ativos no mercado.

Índice Futuro

Gráficos

Tipo de Contrato Futuro baseado na oscilação dos pontos do índice Bovespa em uma data futura. É dividido em duas categorias: Contratos de Índice Cheio (IND) e Minicontratos de Índice (WIN).

Índice Bovespa

Nota de 100 reais

Indicador do desempenho médio das Ações das empresas mais negociadas da B3, a Bolsa de Valores brasileira. Funciona como um termômetro da economia.

Índice Cheio (IND)

Números em painel

Contrato padrão de Índice Futuro com cotação de R$1 por ponto do índice Bovespa. Para operar nessa modalidade, é preciso pelo menos 5 contratos na compra ou na venda. No Mercado Futuro, seu código de negociação é o IND.

Mini-índice (WIN)

Gráficos

Minicontrato de Índice Futuro com cotação de R$0,20 por ponto do índice Bovespa. É possível operar nessa modalidade a partir de 1 minicontrato na compra ou na venda. No Mercado Futuro, seu código de negociação é o WIN.

Dólar Futuro

Notas de 100 dólares

Tipo de Contrato Futuro baseado nas oscilações da taxa de câmbio de reais por dólar comercial em uma data futura. É dividido em duas categorias: Dólar Cheio (DOL) e Mini Dólar (WDO).

Dólar Cheio (DOL)

Notas de 1 dólar

Contrato padrão de Dólar Futuro no qual se negocia US$50 mil por contrato de dólar. É possível operar nessa modalidade a partir de 5 contratos. No Mercado Futuro, seu código de negociação é o DOL.

Minidólar (WDO)

Mão segurando notas de dólar

Minicontrato de Dólar Futuro no qual se negocia US$10 mil por minicontrato de dólar. É possível operar nessa modalidade a partir de 1 minicontrato na compra ou na venda. No Mercado Futuro, seu código de negociação é o WDO.

Derivativos

Mão segurando notas de dólar

Ativos cujo valor deriva do preço de outro ativo. Ao negociar Dólar Futuro, por exemplo, você não opera o dólar em si, mas a variação do valor da moeda. No Mercado Futuro, os derivativos são também conhecidos como Contratos Futuros.

Operar vendido

Mão segurando notas de dólar

Estratégia na qual a investidora vende um ativo, como Minicontratos Futuros, por exemplo, pensando em lucrar com a compra do mesmo ativo quando ele estiver desvalorizado. O objetivo é ganhar com a baixa do mercado. O conceito também é conhecido pelos termos “venda a descoberto” e “short selling”.

Hedge

Mão segurando notas de dólar

Mecanismo de proteção contra grandes variações de preço de um determinado ativo. A operação de hedge pode ser aplicada em Contratos Futuros como Índice Futuro e Dólar Futuro.

Alavancagem

Mão segurando notas de dólar

Estratégia que permite a movimentação de um valor superior à quantia disponível. Na prática, a alavancagem faz com que a investidora que depositou R$ 10 mil como Margem de Garantia consiga operar, por exemplo, Minicontratos Futuros com valor total de R$ 50 mil.

Corretagem

Mão segurando notas de dólar

Valor pago à corretora pelo serviço de intermediação prestado entre a investidora e a B3. É a corretora quem envia suas ordens de compra e venda de ativos da sua plataforma de negociação para a Bolsa. Na Easynvest, a taxa de corretagem é zero para clientes com RLP ativo. Confira.

Emolumento

Mão segurando notas de dólar

Taxa cobrada pela B3 para custear os gastos envolvidos nas operações de compra e venda de ativos, como Contratos Futuros. O valor depende do tipo de ativo e do volume financeiro negociado.

Padrão acionado

Mão segurando notas de dólar

Durante a operação, uma figura da análise técnica é acionada quando o último candle necessário para confirmar o movimento do padrão se forma.

Gatilho de entrada

Gráficos sobrepostos

O momento de abertura da operação de compra ou de venda a partir da observação do gráfico.

Preço-alvo

Tela com gráficos

É o preço determinado por meio da análise gráfica para ganho na operação Também conhecido como “alvo da operação”.

Análise Técnica

Mão segurando notas de dólar

Método de avaliação de ativos que se baseia em padrões e tendências para identificar possíveis pontos de compra e venda. São desenvolvidos indicadores de preço e volume para tentar antecipar movimentos futuros por meio dos gráficos. Também chamada de Análise gráfica, é bastante utilizada no Day Trade.

Tape Reading

Mão segurando notas de dólar

Estratégia de análise de fluxos a partir do comportamento de grandes investidores do mercado, ou seja, se estão comprando ou vendendo. Assim, é possível ler os impactos das negociações de grande volume.

Book de Ofertas

Mão segurando notas de dólar

Lista de ofertas de compra e venda de um ativo que estão na fila para serem executadas, ou seja, são intenções do mercado. Além dos preços e quantidades das ofertas, informa também os compradores, vendedores e respectivas corretoras. É utilizado na estratégia de Tape Reading.

Histórico de Negócios

Pessoa e computador com gráficos

Registro dos negócios fechados em determinados ativos publicado pela B3. É utilizado na estratégia de Tape Reading.

Perfil de Volume

Tela com gráficos

Indicador da quantidade de negócios acumulados em determinadas faixas de preço.

Análise Fundamentalista

Pessoa e computador com gráficos

Método de avaliação de ativos que se baseia em dados econômicos e indicadores financeiros de uma empresa para projetar seu desempenho futuro. É feito um diagnóstico da empresa, analisando saúde financeira, lucro e valor de mercado, por exemplo, para fundamentar o investimento.

Day Trade

Números em painel

Operação financeira de compra e venda de ativos em um único dia. O objetivo é lucrar com a oscilação de preços em algumas horas ou até minutos.

Swing Trade

Gráficos sobrepostos

Operação financeira de compra e venda de ativos no curto e médio prazo. A estratégia é monitorar e analisar as tendências do mercado em intervalos que podem variar de poucos dias a semanas.

Trader

Gráficos

Investidor que negocia ativos no Mercado Futuro em operações de curto prazo para lucrar com a oscilação dos preços.

Scalper

Pessoa e computador com gráficos

É o Trader que opera diversas vezes ao longo do dia para lucrar com movimentos rápidos do mercado.

Especulador

Tela com gráficos

Quem negocia ativos com o intuito de lucrar com a compra ou venda futura em um curto espaço de tempo. O objetivo é aproveitar as oscilações diárias do mercado para obter o maior lucro possível de suas operações.

Arbitrador

Pessoa e computador com gráficos

É o Trader que opera com a intenção de lucrar com a diferença de preço de um mesmo ativo em mercados distintos sem correr riscos. Como, por exemplo, comprar um ativo no Mercado à Vista para vendê-lo no Mercado Futuro porque, naquele instante, o ativo estaria valendo mais nesse mercado.

Hedger

Números em painel

Investidor que negocia ativos no Mercado Futuro para se proteger das variações futuras nos preços e minimizar o risco de perdas financeiras.

Holder

Gráficos sobrepostos

Investidor que negocia ativos em operações de longo prazo. O objetivo é lucrar com a valorização do ativo ao longo do tempo.

RLP (Retail Liquidity Provider)

Gráficos

Mecanismo de negociação que permite às corretoras atuarem como contraparte das ordens de compra e venda de Minicontratos Futuros de Dólar e Índice. A ideia é reduzir os custos operacionais do investidor e otimizar a rentabilidade. Em português, significa Provedor de Liquidez para o Varejo.Na Easynvest, a adesão ao RLP é gratuita e, após ativado, você não tem custo de corretagens para operações Day Trade e Swing Trade por minicontrato negociado.

Computadores rodando aplicativo Home Broker

Pronta para começar?

A ferramenta ideal para você

Home broker gratuito, calculadora de IR e plataforma trader de alta performance. Na hora de operar na Bolsa, escolha as melhores ferramentas de trade para investir com segurança, praticidade e tecnologia.

Conheça agora
Computadores rodando aplicativo Home Broker

Para começar

Home Broker simples e gratuito

Comprar e vender Ações nunca foi tão fácil! Acesse agora todas as Ações negociadas no Brasil, em uma plataforma confiável e intuitiva.

Experimente
Computador rodando aplicativo ProfitPro

Alta performance

Vá além com Easytrader

Busca ferramentas avançadas e dados em tempo real para operar com segurança? Com o EasyTrader você acompanha cada movimento do mercado para fazer análises completas com precisão.

Opere já

Conhecimento é poder

Nós, mulheres investidoras

Um movimento liderado por mulheres para falar sobre dinheiro e investimento com o universo feminino. É hora de compartilhar informações, construir pontes e conquistar liberdade financeira. Juntas somos potência!

Faça parte
Logo de Nós Mulheres Investidoras
Botão Fechar

Lugar garantido!

Fica de olho no seu e-mail. Vamos te contar os próximos passos por lá!

Botão Fechar